Proposta EFA: A Urgência da Arte

O Encontro Entre Filosofia e Arte: a urgência da arte visa relacionar atividades artísticas e discursos filosóficos que trabalham ações ou narrativas acerca de urgências contemporâneas na vida pública. Em virtude da atual pluralidade dos meios de produção artísticos – desde o uso do corpo nu até a ocupação de espaços não convencionais – cabe um aprofundamento na discussão acerca da recepção e interpretação do público das matizes políticas nas obras. O evento propõe, assim, um espaço para debate filosófico em torno dos eixos políticos presentes nas propostas artísticas contemporâneas: identidade de gênero; feminismo; questões étnico-raciais; apropriação cultural; entre outros. Em tempos nos quais não apenas estas urgências, mas até mesmo a voz do artista tem sido silenciada por “censores”, torna-se justa a abertura de um espaço para apresentação e discussão da arte.

A terceira edição do EFA visa implementar uma série de atividades que possibilitarão um espaço de debate mais amplo e plural. Deste modo, a partir desta edição o evento deixa de se chamar “Encontro de Filosofia da Arte” e passa a se chamar “Encontro entre Filosofia e Arte”. Esta mudança reflete a defesa por um espaço de discussão horizontal entre filosofia e arte que legitime o debate destas áreas como modos igualmente relevantes de teorizar e experimentar a arte. Portanto, anunciamos para esta edição as seguintes atividades: jornadas de oficinas artísticas e filosóficas; comunicações de filosofia e de ensaios visuais; exposições e performances artísticas; e palestras de filósofos assim como de artistas e críticos da arte. O evento terá como espaço os campus da UFSC e da UDESC de Florianópolis/SC, ocorrendo do dia 27 a 30 de agosto de 2018.